domingo, 3 de maio de 2009

Morre o pesquisador teatral Augusto Boal


São Paulo - O dramaturgo e diretor de teatro, Augusto Boal, morreu na madrugada deste sábado, aos 78 anos, de insuficiência respiratória, no Hospital Samaritano, no bairro do Botafogo, Rio. Ele sofria de leucemia e estava internado desde o dia 28 de abril. O local e o horário do enterro não foram divulgados. O trabalho do carioca Boal, que também era ensaísta e teórico do teatro, ganhou destaque nos 1960 e 1970, quando esteve à frente do Teatro de Arena de São Paulo e criou o Teatro do Oprimido, pelo qual foi internacionalmente reconhecido por aliar arte dramática à ação social.

Boal chegou a se formar em Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, em 1950, mas viajou em seguida para os EUA, onde estudou artes cênicas na Universidade de Columbia. De volta ao Brasil, sua primeira peça como diretor do Arena foi Ratos e Homens, de John Steinbeck, que lhe rendeu o prêmio de revelação da APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte).

Dirigiu ainda, entre outras peças, Eles Não Usam Black-Tie, de Gianfrancesco Guarnieri, e Chapetuba Futebol Clube, de Oduvaldo Vianna Filho. Foi o diretor do espetáculo Opinião, com Zé Ketti, João do Vale e Nara Leão, que passou para a história como um ato de resistência ao golpe militar de 1964.

Fabio M. Michel (Jornal "Estadão" - Caderno 2: 02 de Maio de 2009)


*****************************

O Renato Mendonça postou em seu blog vários posts sobre Boal, dentre eles uma entrevista feito com o diretor Celso Veluza, também um dos residentes deste ano no Projeto Usina das Artes. Vale a pena conferir estes posts no blog clicando aqui. Lá, podemos encontrar o discurso que Boal fez em 27 de março passado, em homenagem ao Dia do Teatro, quando foi nomeado embaixador do teatro pela Unesco. Abaixo, um excerto deste discurso do Boal:

"Mesmo quando inconscientes, as relações humanas são estruturadas em forma teatral: o uso do espaço, a linguagem do corpo, a escolha das palavras e a modulação das vozes, o confronto de ideias e paixões, tudo que fazemos no palco fazemos sempre em nossas vidas: nós somos teatro!"


Postar um comentário

Leia também!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...