sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Workshop de Viewpoints e Intervenções Arquitetônicas

Workshop com 15 horas de duração no qual são experimentados exercícios derivados da Técnica de Viewpoints, elaborada por Anne Bogart e Tina Landau. O intuito do workshop é utilizar a técnica como instrumento de percepção e ocupação de um espaço pré-determinado.
Ao final do workshop, os alunos apresentarão uma performance/intervenção em um local da Usina do Gasômetro especialmente escolhido para o trabalho.
A atividade faz parte da programação do projeto Usina das Artes, desenvolvido pela Secretaria Municipal da Cultura.

Serviço:
O que: Workshop de Viewpoints e Intervenções Arquitetônicas
Duração: 15 horas (cinco encontros)
Oficineiro: Daniel Colin (Bacharel em Artes Cênicas – UFRGS)
Quando: De 09 a 13 de Março/2009
Horário: Das 09h às 12h
Onde: Sala 309 da Usina do Gasômetro (Avenida Presidente João Goulart, 551 - Porto Alegre).
Valor: R$80,00
Inscrições: 3407-4979 / 9626-4292 (com Rodrigo) ou danielcolin@gmail.com
Produção: Grupo TEATRO SARCÁUSTICO


Sobre os Viewpoints
Os Viewpoints (Pontos de Vista) foram originalmente desenvolvidos nos anos 70 pela coreógrafa Mary Overlie. A Teoria de Viewpoints foi adaptada para o teatro pelas diretoras Anne Bogart e Tina Landau.
Viewpoints é uma filosofia traduzida em técnica de improvisação que possibilita um vocabulário para pensar e agir sobre movimentos e gestos. Esta técnica é muito utilizada para treinar performers, construir um grupo e criar movimento para o palco.
Viewpoints é uma gama de nomes dados a certos princípios do movimento através do tempo e do espaço; nomes estes que constituem uma linguagem que discorre sobre o que acontece em cena.
São nove os Viewpoints Físicos, subdividos em duas categorias: Tempo (Tempo, Duração, Resposta Cinestésica e Repetição) e Espaço (Forma, Gesto, Arquitetura, Relação Espacial e Topografia).

Intervenções Arquitetônicas:
O objetivo do workshop é focar a técnica de Viewpoints sobre a arquitetura de um espaço pré-determinado para, com isso, pesquisar as possibilidades dramáticas que se originam deste local. Esta idéia vem embasar a pesquisa do oficineiro sobre a importância da teatralização de espaços urbanos já que "trabalhar a partir da abordagem e apropriação teatral da silhueta urbana, supõe a consciência da transformação do uso do espaço da cidade, e isso possibilita que surjam novos vínculos entre espetáculo e público. Estes vínculos se edificam através da resignificação do uso do espaço urbano, da transformação da condição dos transeuntes e (...) do conseqüente o estado de prontidão do ator." (André Carreira – Doutor em Teatro).

Sobre o ministrante
Daniel Colin é Bacharel em Artes Cênicas pela UFRGS com larga experiência no teatro profissional porto-alegrense, principalmente nos dois grupos em que trabalhou: Depósito de Teatro (2002-2008) e Teatro Sarcáustico (desde 2004).
Sua pesquisa com a Técnica de Viewpoints iniciou no espetáculo GORDOS ou somewhere beyond the sea e vem sendo utilizada em todos os trabalhos que dirigiu, sobretudo em Há Vagas para Moças de Fino Trato e IntenCIDADE 1ª: VOAR, cujas linguagens focavam a arquitetura específica dos locais apresentados (no caso, uma sala da Casa do Estudante da UFRGS e o terraço da Usina do Gasômetro, respectivamente).
Postar um comentário

Leia também!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...