domingo, 28 de fevereiro de 2010

Autópsia de Michael Jackson revela que ele usava peruca e tinha vitiligo


O cantor Michael Jackson usava peruca e ficou branco por causa de uma doença na pele. Foi o que revelou o relatório completo da autópsia realizada no corpo do astro, divulgado ontem. As informações sobre o artista, morto no dia 25 de junho de 2009, foram anunciadas pelo Instituto Médico Legal de Los Angeles, nos Estados Unidos.

Segundo o relatório, Michael Jackson apresentava a doença de pele vitiligo. O rei do pop tinha várias manchas brancas, especialmente no peito, abdome, rosto e braços. Os cabelos do astro foram descritos como sendo ralos, curtos e encaracolados, ligados a uma peruca longa e escura. A autópsia revelou uma careca avantajada na parte da frente da cabeça do cantor. Outros pontos do relatório chamaram a atenção. O documento revela que não havia no quarto de Jackson, qualquer equipamento para monitoramento ou atendimento cardíaco emergencial.

Ainda de acordo com o relatório, Michael Jackson morreu de intoxicação por propofol, um tipo de anestésico. O cantor teria tomado uma grande quantidade da substância. O corpo do astro também apresentava cicatrizes no nariz, joelho, ombro, pescoço, pulsos e nas orelhas. Para completar, ele tinha duas tatuagens escuras próximas às sombrancelhas e mais uma cor-de-rosa perto dos lábios. O Rei do Pop media 1,75 m e pesava 62 kg.

Postar um comentário

Leia também!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...