terça-feira, 6 de novembro de 2012

Cultura e Saúde iniciam projeto para restauro e uso dos pavilhões do Hospital Psiquiátrico São Pedro


As secretarias de Estado da Cultura e da Saúde vão assinar um Protocolo de Intenções para o restauro e uso dos pavilhões do Hospital Psiquiátrico São Pedro. O assunto foi tema de reunião realizada na tarde dessa segunda-feira (05), na secretaria da saúde,  entre os secretários da Cultura, Luiz Antonio de Assis Brasil, e da saúde, Ciro Simoni.

Grupos teatrais querem ajudar na recuperação dos prédios do Hospital São Pedro
Assis Brasil detalhou o interesse da Cultura nos pavilhões 5 e 6. “Num primeiro momento temos um projeto pronto, aprovado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado para a recuperação dos prédios 5 e 6 que já são utilizados por grupos das artes cênicas gaúchas e que podem também ser uma alternativa para o novo Centro Cenotécnico do estado. Nossa intenção é assegurar a possibilidade de qualificar o uso dos dois prédios”.
Ciro Simoni ampliou a proposta. “Temos total interesse nesta parceria. Já estamos com a licitação em andamento para a recuperação do telhado do prédio 1, onde está localizado o museu do hospital. Na nossa visão aquele espaço todo deve ser transformado em um centro cultural, com uso de todas as linguagens, e trabalhando juntos podemos tornar isso realidade”.
Nos próximos dias será marcada a data para o evento oficial da assinatura  deste acordo. Também participaram da reunião o secretário Adjunto da Cultura, Jéferson Assumção, o diretor do Instituto Estadual de Artes Cênicas (IEACen), Marcelo Restori, o  chefe de gabinete da Cultura, André Kryszckzun e o assessor jurídico Paulo Berni.

Espaço cênico
Há dez anos os pavilhões 5 e 6, do Hospital Psiquiátrico São Pedro, começaram a ser usados para produção e apresentação teatral com o grupo Falus e Stercos e para Bienal do Mercosul, bem como gravação e filmagens cinematográficas. A partir de 2001 juntam-se a eles a Oigalê, o Movimento Teatro de Rua, Neelic e Caixa Preta. As ações realizadas incluem temporadas de espetáculos e oficinas, que contemplam desde a comunidade dos bairros ao redor e os próprios internos do Hospital, até a classe artística. Os grupos já se ofereceram como parceiros para, por meio das Leis de Incentivo, buscar recursos para a recuperação dos prédios.

Sobre o Hospital
O Hospital Psiquiátrico São Pedro foi o primeiro hospital psiquiátrico de Porto Alegre. A construção do prédio foi iniciada no ano de 1879, tendo a primeira parte sido finalizada em 1884; o último pavilhão foi inaugurado apenas em 1903. A inauguração do hospital ocorreu em 29 de junho de 1884, no Dia de São Pedro, padroeiro do Rio Grande do Sul,   e recebeu visitas ilustres, como a da Princfesa Isabel.  Foi considerado um grande avanço para a época, visto que pessoas com problemas psíquicos eram então encarceradas em presídios.
Desde 2011 o hospital recebe, periodicamente, a visita do Ministério Público, que acompanha as condições de vida, trabalho e estrutura da mais antiga instituição psiquiátrica do Estado.

Texto: Asscom Sedac
Postar um comentário

Leia também!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...