quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Sendo hediondo... lendo hediondo...

"Eu sempre penso: 'E se eu não puder?'. Aí eu penso: 'Ah, merda, nem pense nisso'. Porque pensar na coisa pode fazer acontecer. Não que tenha acontecido tantas vezes. Mas tenho medo. Todo mundo tem. Quem disser que não tem está mentindo. Todo mundo tem medo que possa acontecer. Aí, eu sempre penso: 'Eu não ia nem me preocupar com isso se ela não estivesse aqui'. Aí eu fico puto. Eu meio que penso que ela está esperando alguma coisa. Que se ela não estivesse lá deitada esperando, pensando e, assim, avaliando, eu nem ia pensar nisso. Aí eu quase fico bem puto. Fico tão puto que até paro de me importar se eu posso ou não posso. É assim como se eu quisesse mostrar pra ela. É assim como 'Ok, vaca, você que pediu'. Aí fica tudo bem." (WALLACE, David Foster. Breves Entrevistas com Homens Hediondos: contos. São Paulo: Companhia das Letras, 2005, p. 136).
Postar um comentário

Leia também!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...