terça-feira, 6 de setembro de 2011

Porto Alegre em Cena: Prêmio Braskem

Por que ver os espetáculos gaúchos no Porto Alegre em Cena? Resposta: porque a qualidade das produções gaúchas não deixam a desejar se comparadas às outras nacionais e até mesmo às internacionais. O público do Em Cena deve estar bastante consciente disso, pois a maioria dos espetáculos já estão com os ingressos esgotados. De qualquer modo, coloco abaixo as qualidades de cada um dos 10 espetáculos gaúchos que estão concorrendo ao Prêmio Braskem em 2011:


* Por que ver "9 MENTIRAS SOBRE A VERDADE"? Porque Diones Camargo mostra o porquê merece, mais uma vez, a alcunha de dramaturgo gaúcho mais cultuado dos últimos anos! Isso sem contar a atuação de Vanise Carneiro (Prêmio Açorianos de Teatro de Melhor Atriz 2010), muito bem, interpretando a atriz de cinema Lara.




* Por que ver "A MULHER SEM PECADO"? Porque Caco Coelho é um dos mais entusiastas estudiosos de Nelson Rodrigues do país e porque este é o primeiro texto dramático do mais importante dramaturgo brasileiro. A cenografia de Vicente Saldanha é belíssima também!




* Por que ver "A TECELÃ"? Porque o trabalho de manipulação de bonecos e de técnica de ilusionismo da peça são impressionantes e surpreendem o espectador minuto a minuto. Além disso, a Caixa do Elefante Teatro de Bonecos é um dos grupos mais importantes do sul do país, quiçá do Brasil, com produções sempre muito elaboradas e invejáveis.




* Por que ver "CINCO TEMPOS PARA A MORTE"? Porque o UTA apresenta um trabalho galgado em princípios da Antropologia Teatral e realiza sua própria versão sobre a morte, tema pesado tratado de maneira delicada.




* Por que ver "CLUBE DO FRACASSO"? Porque é um espetáculo delicioso, que nos faz rir e refletir sobre os nossos próprios fracassos. Sem contar a presença de atores encantadores no elenco, que trabalham com a Patrícia Fagundes há algum tempo e estão cada vez mais à vontade à proposta da diretora.




* Por que ver "DIA DESMANCHADO"? Porque a atuação de Marcelo Bulgarelli foi premiada com o Troféu Açorianos de Teatro de Melhor Ator 2010 e recebeu diversas críticas positivas. E porque, como informa a produção da peça, "as ações do espetáculo foram criadas a partir dos princípios da Biomecânica Teatral do grande encenador russo Vsevolod Meyerhold, sugerindo um gestual não cotidiano, quase grotesco."




* Por que ver "DITOS E MALDITOS"? Porque, simplesmente, a Carlota Albuquerque é uma das maiores coreógrafas gaúchas da atualidade. Ponto. E, além disso, Carlota tem a capacidade de criar espetáculos com "cenários-ambientes" maravilhosos!




* Por que ver "HOTEL FUCK"? Porque é um espetáculo absolutamente original, com dramaturgia própria escrita pelo excelente Diones Camargo. Os atores da Santa Estação orquestram um cenário incrível em marcações e movimentações muito instigantes. Uma miscelânea pop proposta pela Jezebel de Carli, com destaque para as atuações de Denis Gosch, Larissa Sanguiné e Gabriela Greco.




* Por que ver "HYBRIS"? Porque Marcelo Restori, diretor do mítico Falos & Stercus, sempre apresenta espetáculos impactantes em espaços alternativos, tornando-se referência nacional quando falamos e tratamos de espaços não-convencionais.




* Por que ver "WONDERLAND E O QUE M. JACKSON ENCONTROU POR LÁ"? Porque ele é um dos espetáculos gaúchos mais comentados da última década, com sua dramaturgia anárquica e sua trilha sonora inesquecível. Os figurinos de Daniel Lion são impressionantes! O trabalho recebeu 4 Troféus Açorianos de Teatro em 2010, incluindo Melhor Espetáculo e Diretor.


Postar um comentário

Leia também!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...